Puericultura

Fisiologia do Sono

SONO DO RN:
Sono irregular, de ciclos curtos cujo período mais longo é de 2 a 4horas
LACTENTES:
️até 6m: bebê já começa no sono REM (sonhos) e fica nele 50% do tempo. Ainda irregular.
Quanto mais nova a criança, maior a variabilidade da necessidade de sono.
️depois dos 6m: já conseguimos dividir o sono em estágios (como no adulto).

O sono noturno vai se consolidando aos poucos no 1°ano de vida. E o diurno vai diminuindo progressivamente até os 3 anos de idade (veja que é um período longo de amadurecimento). Aos 4, já são poucas as crianças que ainda precisam de soneca diurna.

Algumas delas, durante os despertares noturnos, ninam-se sozinhas e voltam a dormir. Outras dependem da repetição do comportamento que as ajudou a dormir (mamadas, balançar, etc). 櫓
Colocar bebê para dormir enquanto sonolento (porém acordado), no local onde vai passar a noite, pode ser de grande ajuda nos despertares. Sabe quando a gente dorme em um lugar e acorda no outro? Assustador!

Um objeto de transição (naninha) para maiores de 1 ano, também pode ajudar nesse processo de se autoninar.

Para crianças de todas as idades, manter o ritmo circadiano de luz solar de dia e calmaria e escuridão à noite (sem telas) é fundamental.

Músicas de ninar ou historinhas (leitura) antes de dormir podem ajudar a compor o #Ritualdesono; o pai pode assumir esse ritual, para que bebê não associe a hora de dormir com a mamada… e só acorde mesmo para mamar, quando estiver com fome e não como método de ninar. #Missão

Na revista, é citado o método de extinção (deixar a criança dormir sozinha chorando) e o de extinção gradual que vão de encontro à minha abordagem de #criaçãocomapego.

Também citou-se as ROTINAS POSITIVAS (que citei acima com os rituais associativos para que o adormecer seja agradável).

E por último, educação e prevenção que envolve ajudar a criança a desenvolver habilidades para se acalmarem sozinhas.

Comente aí se teve problemas com sua criança. Se você tentou um dos manejos citados e o que deu certo pra vocês.
Na enquete, pude perceber que a maioria absoluta ainda mama para dormir. Mas será que valeria a pena mudar?
Opine.

Fonte: pronap vol 21 n.3 2018

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s